quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Novidade no blog: "NEOLOGISMO GOSPEL"


Inauguro hoje mais uma opção no cardápio do blog, chama-se "NEOLOGISMO GOSPEL".
Antes, porém, compartilho a definição de neologismo publicado no site SIGNIFICADOS:

Neologismo é o processo de criação de uma nova palavra na língua devido à necessidade de designar novos objetos ou novos conceitos ligados às diversas àreas: tecnologia, arte, economia, esportes, etc.
Um neologismo é criado através de processos diversos como: justaposição, aglutinação, prefixação, sufixação, abreviação, importação de vocábulos existentes em uma outra língua ou ainda, através de um novo sentido dado a uma palavra já existente.
Faz parte de toda língua viva a criação de novas palavras. Com o tempo, esses neologismos são adicionados ao dicionário e passam a fazer parte do léxico.
O "neologismo popular" é criado pelos próprios falantes, seja nas conversas espontâneas do dia-a-dia, com o uso frequente de gírias, seja na Internet, nas comunicações eletrônicas (chat).
Quando a ciência é responsável pela atribuição de nomes aos novos aparelhos e máquinas inventados, e de introduzir novos termos técnicos na linguagem, dá-se o nome de "neologismo científico" ou "neologismo técnico".
O "neologismo literário" é a criação de novas palavras por escritores, compositores de música e poetas.
"Neologismo estrangeiro" ou "estrangeirismo" são as palavras de outro idioma incorporadas à língua. Algumas são "aportuguesadas", ou seja, muda-se a maneira de escrever original para ser compreendida por todos. Exemplo: futebol (do inglês football), bebê (do inglês baby).
Um neologismo pode também ser classificado de "neologismo completo" (criado de acordo com a forma e o sentido da palavra, por exemplo, microfone) e de "neologismo incompleto" (palavras já existentes no idioma e que tomam novos significados, por exemplo, papudo).
Pegando carona na definição supra citada, digo:
Neologismo Gospel é o processo de criação de uma nova palavra devido à necessidade de designar novos usos para objetos, novos conceitos teológico e novas práticas ligados à bizarrice gospel, assim como, oriundos do crentês (Olha o primeiro aí!).

Crentês: Deriva de crente; popularmente ligado ao nicho cristão evangélico, mais usado para designar dialeto gospel.
  

Nenhum comentário: