sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Reformados e Reformando

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus" (Romanos 12.2)

A população brasileira deu no início do semestre uma demonstração de sua indignação, pleiteando as mais diversas pautas. Algumas vitórias foram alcançadas, outras porém, necessitam de mais empenho e tempo. Digo tempo pelo seguinte fato: ao clamar por justiça, por reformas e o fim da corrupção, a maioria não se deu conta que o grande problema não são os que governam, mas a própria população, o indivíduo é corrupto. A conseqüência é percebida quando de forma inconsciente, o indivíduo, leva sua corrupção a quaisquer coisa que faça. Recebendo troco errado, fica com o excedente, traem, mentem, mantém ligações clandestinas de água, luz, telefone, internet, tv, a lista é interminável! Porém, mesmo assim, se acha no direito de pedir mudanças nas estruturas de governo, quando melhor seria mudar a si.

Algumas vezes, acontece também com alguns irmãos nos arraias de Cristo, o culto não segue da forma que lhe agrada, o instrumento "tal" o incomoda, o repertório é brega ou pop em demasia, acha que um determinado assunto poderia ser mais focado nas pregações, o encontro do grupo pequeno não o satisfaz, pensa que deveria haver mais oração, mais leitura bíblica, enfim, uma NOVA REFORMA.
É possível que haja legitimidade em alguma alegação, ou quem sabe, em todas. Porém, não podemos ignorar a orientação bíblica "transformais-vos pela renovação da vossa mente". Creio que aponta sim, para o inconformismo diante de uma situação desconfortável, mas também, traça o caminho da resolução. A REFORMA COMEÇA EM NÓS! 


Se desejamos que a igreja ore mais, trabalhe mais, receba melhor, seja mais amável, haja mais comunhão, seja mais consagrada e santa, mesmo sendo bom e legítimo o nosso desejo, talvez tenhamos nos esquecido de um detalhe importantíssimo, NÓS SOMOS A IGREJA!
Que o Espírito Santo gere em nós e partindo de nós, a REFORMA que desejamos!




Nenhum comentário: