sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Ainda não é o último

Começo tardiamente, mas em tempo de reparar um deslize. Como alguém que ama música, pode não falar sobre? Sem condições, né? Começo hoje a falar também de bons cd's. Afirmo que terei o meu gosto como referência. Assim, será impossível agradar a todos. Variedade será uma tônica, escuto tanta coisa que pode deixar a maioria bem tonto, srsrsrsrsr!
MPB, Jazz, POP, Soul, Irish(minha viagem do momento), Funk (explico: Funk de verdade, não essa tranqueira que o povo na minha terra natal escuta), Rock (todo tipo), Folk, a gama é montruosamente grande.
Não me prendo a rótulos, gosto de boa música, bem tocada e de qualidade. Dificilmente teremos aqui "modinha", tá bom, teremos sim, mas só pra criticar...srsrsrsr! Não poderia faltar, é claro!

Vamos ao que interessa:
O CD de hoje é o "Ainda não é o último" da banda RESGATE (não RESTART.... aff!). É uma obra com 12 faixas estupendas. Vale a pena lembrar que o RESGATE foi a primeira banda do selo gospel (Não gosto do termo) da SONY. Um trabalho de qualidade internacional. Muito bem mixado, não estoura em nenhuma frequência, mesmo "chutando o som lá em cimão".

O instrumental é cru e rasgado, coisa de RESGATE mesmo, mas eles fazem como ninguém. As letras merecem toda a atenção. Comprei o álbum num momento muito difícil da vida e fui tremendamente edificado pela música do vídeo abaixo. Há também uma letra muito inteligente que brinca com a língua inglesa, "Jack, Joe and Nancy in the mall (the book is on the table). Mas na minha opinião a melhor música fica por conta de "Genérica", uma crítica rasgada à igreja dos nossos dias, mas preocupada em parecer e aparecer do que ser.

Nenhum comentário: