segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Reforma Protestante: Comemorar o quê?

Quero deixar aqui apenas uma possibilidade de sensata reflexão sobre o evangelicalismo atual e a Reforma Protestante. Sou reformado e tenho sim, como muitos irmãos, razão para me alegrar pelo ocorrido em 31 de outubro de 1517. Mas essa não é a realidade de todos os que se dizem cristãos.

Hoje é um dia muito especial, dia em que evangélicos comemoram a Reforma Protestante, quando seguindo a trilha deixada por Wycliff, Hus, Savanarola e outros anônimos, mas não menos importantes, Lutero, questionando a validade e eficácia das indulgências, iluminado pelas Escrituras Sagradas e esclarecido pelo Espírito Santo de Deus, afixou nas portas da capela de Wittenberg as famosas 95 teses. Quem já as leu, percebeu que Lutero era frontalmente avesso à cobrança de dinheiro para a obtenção de quaisquer favor divino.

O que me intriga é o fato de estarmos cercados de cobradores de indulgências modernos, mas o indulto de hoje não é mais a "graça de ter a alma liberta do purgatório ou do inferno", não, realmente não é preciso oferecer mais que prosperidade. A "cristandade" atual é tão pueril que se contenta com coisas. Aliás, coisas à parte de Cristo.

Embora falem o tempo todo de Deus, Jesus e Sua Palavra, os "Tetzel's" são demasiadamente ardilosos, deslocam o texto de seu contexto original, fazendo-o contradizer o todo da Bíblia, fundam igrejas e disseminam ensinos demoníacos, onde a graça de Deus, a fé, o sacrifício perfeito e vicário de Cristo nunca bastam, é sempre preciso mais. Afinal, os vendilhões sempre querem mais, mais dinheiro, mais mansões, mais helicópteros, mais aviões, mais canais, querem sobretudo, mais notoriedade. É é por isso que se autodenominam pastores, bispos, apóstolos, patriarcas, querubins, substitutos de Cristo ("vicarius filii dei") ou o próprio Cristo, sem evidentemente o ser!

Falar de Reforma Protestante é sem dúvida, falar de mentes inquiridoras, pensantes, é falar de criticidade, é duvidar do que não parece biblicamente plausível... é ser bereano! Onde estão os conhecedores dos "5 Solas"? Onde estão os investigadores do nosso tempo? Grande parte se tornou estéril, cegados por idiotices "gospel", que pelo uso do citado adjetivo, dispensam crítica, foram manipulados e perderam a capacidade analítica de tal forma que não perceberam o momento em que transformaram-se em MERCADO, ao mesmo tempo consumidor de baboseiras e também, produto de seus mestres "- É gospel, é de Deus!" "O apóstolo fulano é uma benção!".  Não consigo imaginar o que diria Lutero vendo as "predações" do Morris Cerrulo, Malafaia, Macedo, Valdomiro, e todos esses "profeteiros das graças urgentes".

Entendo que comemorar o dia de hoje só faz sentido para quem não perdeu o "fio da meada", para os que semelhantemente a Martinho Lutero, rejeite ensino espúrio, tendencioso, manipulador e anti-bíblico, portanto, os que não se dobraram a Baal.
A grande maioria dos "crentes" comemora algo que não tem a mínima ideia do que seja, não sabem dos esforços empreendidos, dos irmãos que deram suas vidas para que hoje houvesse uma igreja bíblica, espelho de Cristo e liberta do "toma lá, dá cá" de Jesus.

Dê sua opinião, comente!
 


Um comentário:

DANI LIMA disse...

Pastor passeei por aqui para conhecer o trabalho do irmão.Gostei muito do comentário do post do Genizah "Deus predestinou alguns para o céu e outros para inferno"?Primeiramente sou Cristã más em faze de transformação sempre! E como tal fui desperta a questão do pontos de vista de Calvino principalmente em relação a predestinação bíblica e tenho estudado exaustivamente o tema, como disse antes gostei tanto do ponto de vista do pastor que pretendo posta-lo no meu blog junto com o video do prof Nicodemos que trata do mesmo assunto em breve.
Engraçado isso, levei uma vida para "começar" a entender o assunto, más a muito tempo que Romanos 9 está marcado na minha bíblia e com ele outros muitos que afirmam a soberania de Deus e sua eleição,nunca vamos entender completamente más elas caminham juntas soberania de Deus e responsabilidade humana.
Dani Lima
http://berearepreciso.blogspot.com/